Navegando na Filosofia - Carlos Fontes

O que se entende por silogismo?

 Quais são os seus principais tipos? 

Qual a estrutura do silogismo categórico regular ?

Voltar

Síntese da Matéria

Silogismo (1)

 

 

1. O silogismo é uma forma de raciocínio dedutiva. Na sua forma padronizada é constituído por três proposições: As duas primeiras denominam-se premissas e a terceira conclusão.

2. Existem três grandes tipos de silogismo. O nosso estudo apenas incidirá sobre o silogismo categórico regular.

 Tipos de Silogismo

Silogismos Categóricos Regulares

 Silogismos constituídos por três termos e três proposições categóricas.As premissas são apresentadas forma absoluta e incondicional. A relação entre estas e a conclusão é constrangente, isto é, necessária. Esta é a forma padrão do silogismo.

Exemplo: Todas as baleias são mamíferos.

               Alguns animais são baleias.

     Logo, alguns animais são mamíferos.

Silogismo Categórico Irregulares

(silogismo abreviado ou ampliado).

Entima

Silogismo incompleto, onde falta pelo menos uma premissa (está subentendida).

Exemplo: Eu penso, logo existo.

 

Epiquerema

Silogismo no qual uma ou duas premissas são acompanhadas das suas provas.

Exemplo: Todo o B é C porque é D

               Todo o A é B porque é H

      Logo, todo A é C.

Polissilogismo

Trata-se de um argumento constituído por dois ou mais silogismos, dispostos de modo a que a conclusão do primeiro seja uma premissa do segundo e assim sucessivamente.

Exemplos: B é C

                A é B

      Logo, A é C

                D não é C

       Logo,D não é A.              

Sorites Trata-se de um argumento que tem pelo menos quatro proposições com os seus termos encadeados de forma correcta.

Exemplo: O vertebrado tem sangue vermelho

               O mamífero é vertebrado

               O carnívoro é mamífero

               O leão é carnívoro

      Logo, O leão tem sangue vermelho.        

Silogismos Hipotéticos

Condicionais

 Silogismo em que a premissa maior não afirma nem nega de modo absoluto, mas a título condicional.

Exemplo: Se chover não vamos ao futebol.

               Chove

      Logo, não iremos ao futebol.

Disjuntivos

Silogismo em que a premissa maior se apresenta sob a forma alternativa.

Exemplo: Este triângulo ou é isósceles ou escaleno.

               Ora este triângulo é escaleno

      Logo, este triângulo não é isósceles.    

Dilema

Argumento onde são apresentadas duas alternativas possíveis, mas nenhuma é desejável.

Exemplo clássico sobre um aluno com maus resultados em lógica: O aluno ou estudava ou não estava. Se estudava merece ser castigado porque não aprendeu a matéria como era seu dever; se não estudava merece igualmente ser castigado porque não cumpriu o seu dever. 

3. Estrutura do silogismo categórico regular.

Relação entre as proposições

Premissa maior  Todo o alentejano (A) é português (B)

Todo o A é B

Premissa menor  Os barranquenhos (C) são alentejanos (A) 

 Todo o C é A

Conclusão  Os barranquenhos (C) são portugueses(B)

Todo o C é B

Relação entre os termos

( atende ao exemplo anterior)

Termo Maior

português

Termo de maior extensão. Integra a premissa maior e aparece como predicado da conclusão.
Termo médio

 alentejano

Termo de extensão intermédia. Repete-se nas duas premissas, mas não aparece na conclusão.
Termo menor

barranquenho

Termo de menor extensão. Integra a premissa menor e é sujeito da conclusão.

Carlos Fontes

Carlos Fontes

 11º Ano - Programa de Filosofia 

Navegando na Filosofia